domingo, 19 de junho de 2011

FORMAS DE APRESENTAÇÃO DOS MEDICAMENTOS

CÁPSULA: É constituído de invólucro de gelatina com medicamento internamente de forma sólida, semilíquida ou liquida, sendo usada para facilitar a deglutição e a liberação do medicamento na cavidade gástrica
COMPRIMIDO: É o pó comprimido com um formato próprio, sendo redondo ou ovulado, podem trazer uma marca, como sulcos que facilitam sua divisão em partes.
DRÁGEAS: O comprimido é revestido por uma solução de queratina composta por açúcar e corante, proporcionando melhora na sua liberação entérica, sendo usado para facilitar a deglutição e evitar sabor e odor característicos do medicamento.
ELIXIR: É uma solução que. Além do soluto, contém 20% de álcool.
EMULSÃO: É composto por dois tipos de líquido imiscíveis, sendo caracterizado pelo óleo e a água.
GEL: É uma forma semisólidas, colóide, que proporciona pouca penetração na pele.
LOÇÃO: São líquidos ou semilíquida que podem ter princípios ativos ou não, geralmente são usados para uso externo.
CREME: Tem uma forma semissólida, possui consistência macia e mais aquosa, com boa penetração na pele.
POMADA: Possui forma semisólidas de consistência macia e oleosa, proporcionando pouca penetração na pele.
PÓ: O pó apresenta-se de forma a ser diluída e dosado em colher ou em envelope em quantidades exatas.
SUSPENSÃO: É uma mistura não homogênea de uma determinada substância sólida e um líquido, em que a parte solida fica suspensa no liquido.
XAROPE: É uma solução que contém um soluto e um solvente e 2/3 de açúcar.

Referencia: SILVA, M. T. SILVA, S. R. Cálculo e Administração de Medicamentos na Enfermagem. São Paulo – 2009, 2ª edição.

Um comentário: